Atividade aquática

 

ESPORTE ADAPTADO – ATIVIDADE AQUÁTICA
Alunos 175
Sexo Feminino e Masculino
Fases e suas respectivas Faixas etárias Fase 1 = 03 a 04 anos

Fase 2 = 04 a 06 anos

Fase 3 = 07 a 12 anos

Fase 4 = 12 a 18 anos

Fase 5 = acima dos 18 anos

Local de atendimento Espaço da Pessoa com Deficiência
Aulas/turma na semana ·         02
Duração das aulas ·         60 min.
Objetivos Específicos ·         Favorecer a adaptação e segurança ao meio líquido, melhorar a capacidade cardiorrespiratória, sobrevivência aquática, domínio da respiração, proporcionar a estimulação psicomotora de acordo com o desenvolvimento motor da criança através das técnicas da natação e atividades lúdicas.

·         Promover estímulos psicomotores (afetivos, cognitivos, motores e sociais) de acordo com a idade cronológica. Aprendizagem das técnicas rudimentares da natação e atividades lúdicas como mergulhos, saltos, flutuação, formas de respiração aquática e deslizes e sobrevivência aquática.

·         Favorecer a aprendizagem e aperfeiçoamento das habilidades psicomotoras no meio aquático. Aprendizagem das técnicas de natação como braçadas, pernadas, respiração e coordenação dos estilos (crawl, costas e peito), aprendizagem rudimentar do estilo borboleta e atividades lúdicas para o aprendizado psicomotor como mergulhos, saltos, flutuação, respiração, deslizes, propulsão e competição.

Metas Quantitativas ·         Realizar 01 festival esportivo ao final do ano;

·         Realizar 01 Capacitação Profissional específica para todos (as) professores (as) envolvidos (as) no Projeto;

·         Criar um Grupo de Estudos Pedagógicos na Área de Atividade Motora Adaptada.

Metas Qualitativas ·         O desenvolvimento de auto-estima;

·         A melhoria da auto-imagem;

·         O estímulo à independência;

·         A interação com outros grupos;

·         A experiência intensiva com suas possibilidades de limitações;

·         O contato com outras pessoas, deficiente ou não;

·         A vivência de situações de sucesso, possibilitando a melhoria da auto valorização e autoconfiança;

·         A possibilidade de acesso à prática do esporte como lazer, reabilitação e competição;

·         O estímulo à superação de situações de frustração.